Piauí - Esperantina

Funasa libera repasse de quase 2 milhões para Esperantina

O valor faz parte de um montante de mais de 9 milhões que serão investidos em parceria com a Prefeitura Municipal.

- atualizado
  • Foto: Divulgação/AscomEquipe da prefeitura de EsperantinaEquipe da prefeitura de Esperantina

A Fundação Nacional de Saúde – FUNASA fez a liberação no início desta semana, de repasse no valor de cerca de 1.960.000,00 (Hum milhão novecentos e sessenta mil reais para o município de Esperantina.

O valor faz parte de um montante de mais de 9 milhões que serão investidos em parceria com a Prefeitura Municipal na implantação de um sistema de esgotamento sanitário na área urbana da cidade. A prefeita Vilma Amorim falou que os recursos para o serviço de esgotamento vão resolver o problema de alagamento de muitos bairros e do centro que há muitos anos a população sofre.

"Estamos tomando todas as providências para que o serviço inicie o mais rápido possível. A cidade de Esperantina e a população aguarda por muitos anos esta obra que vai mudar a realidade da cidade”, enfatizou. A prefeita ainda aproveitou para agradecer a câmara municipal que tem sido parceira na aprovação de projetos para cidade.

É válido lembrar que no mês de fevereiro, a câmara municipal de Esperantina aprovou o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Conselho Municipal de Saneamento Básico.

A aprovação destes dois importantes instrumentos irá facilitar a deliberação de investimentos e a execução de políticas públicas nas áreas de abastecimento de água, esgotamento sanitário, drenagem e manejo de águas pluviais urbanas e limpeza urbana e manejo dos resíduos sólidos.

Em entrevista a uma rádio local, o presidente da Funasa, Henrique Pires, elogiou a prefeita Vilma Amorim que viabilizou e tomou todas as providências para desburocratizar o projeto, que culminou com a liberação da primeira etapa dos recursos para o início da obra.

Os engenheiros responsáveis pela obra já estiveram em Esperantina verificando os locais para construção da lagoa de tratamento da rede de esgoto.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB