Piauí - Uruçuí

Funcionário da Caixa é acusado de desviar R$ 40 mil em Uruçuí

Caso seja condenado Rafael Alves da Silva poderá pegar até 12 anos de cadeia.   

GIL SOBREIRA

- atualizado

O funcionário da Caixa Econômica Federal, agência de Uruçuí, Rafael Alves da Silva, foi denunciado a Justiça Federal acusado de peculato, crime tipificado no art.312, do Código Penal.

Segundo o Ministério Público Federal, Rafael Alves da Silva, em agosto de 2014, na qualidade de funcionário da agência, apropriou-se de R$ 40.000,00 (quarenta mil reais), por meio de empréstimo sem autorização, realizado em nome da empresa Indalessio Alves Monteiro ME (CNPJ 19.188.769/0001-03), com transferência dos recursos obtidos para sua conta pessoal.

O juíza federal substituta Camila de Paula Dornelas, da Vara Federal de Floriano, recebeu da denúncia em 04 de setembro de 2017 e determinou a citação do acusado para apresentar resposta escrita a acusação no prazo de 10 dias.

Caso seja condenado Rafael Alves da Silva poderá pegar até 12 anos de cadeia.