Piauí

Geriatra participa de bate-papo sobre doença de Alzheimer no Sesc

Numa conversa descontraída com os idosos, o médico citou vários casos de esquecimentos do dia a dia que não prejudicam o indivíduo.

Uma das doenças que mais preocupam a terceira idade foi tema do bate-papo na manhã desta terça-feira (3) na Semana do Idoso, realizada pelo Trabalho Social com Idosos do Sesc Ilhotas, em Teresina. O geriatra Edinilson Délcio Mourão falou sobre “Demência/Alzheimer – estigma/ medo/ conscientização” para uma plateia de mais de 50 integrantes do grupo de idosos do Sesc.

Numa conversa descontraída com os idosos, o médico citou vários casos de esquecimentos do dia a dia que não prejudicam o indivíduo, mas chamou a atenção para os casos que comprometem a saúde. Dentre eles, esquecer nomes de familiares e amigos. Também alertou que esquecimentos longos, em que a pessoa não consegue lembrar de situações simples, são preocupantes.

  • Foto: Divulgação/AscomGeriatra participa de bate-papo sobre doença de Alzheimer no SescGeriatra participa de bate-papo sobre doença de Alzheimer no Sesc

Edinilson alertou os idosos sobre dificuldades para executar tarefas corriqueiras utilizando equipamentos eletrônicos, que antes eram facilmente manuseados também devem acender o sinal de alerta.

O geriatra respondeu várias perguntas feitas pelos participantes da palestra e enfatizou que as pessoas devem evitar o medo da doença e procurar ter uma vida mais saudável para prevenir o mal de Alzheimer.

Para finalizar ele apresentou dicas que podem ser usadas no dia a dia como ir ao médico regularmente, mesmo que não apresente qualquer sintoma, participar de atividades sociais, interagindo com as pessoas, praticar atividades física, ter uma alimentação saudável e evitar fumo e bebidas alcoólicas.

“A prevenção reduz muito a ocorrência de Alzheimer”, frisou o médico ao responder perguntas feitas pelas integrantes do grupo de idosos.

Mais conteúdo sobre: