Piauí

Governador Wellington Dias faz entrega de 40 veículos ao Emater

Marcus Vinícius destacou que esses materiais vão ajudar o Emater a desenvolver cada vez mais ações nos municípios piauienses.

BÁRBARA RODRIGUES E GERMANA CHAVES

- atualizado

Wellington Dias faz entrega de veículos para o Emater

O governador Wellington Dias (PT) realizou na manhã dessa quinta-feira, 14 de setembro, uma solenidade para a entrega de veículos e ultrabooks para o Emater. O evento foi realizado no Palácio de Karnak e contou com a presença do diretor do Emater, Marcus Vinícius do Amaral.

O governador afirmou que esse investimento está sendo feito com o objetivo de ajudar as aumentar as ações nos municípios. “Hoje é um dia que eu comemoro, pois estamos colocando aqui R$ 12 milhões em equipamentos, só com veículo são 40 e vamos comprar mais 8, também temos equipamentos tecnológicos. Esperamos que com isso tenhamos mais projetos que gerem produção animal, vegetal, para alimentação do povo, para fortalecer a nossa economia. Estamos também fazendo um ajuste com as entidades técnicas para que a gente possa trabalhar um modelo de produtividade para melhorar a renumeração, mas aumentar a produtividade, com a realização de projetos bons”, afirmou.

Marcus Vinícius destacou que esses materiais vão ajudar o Emater a desenvolver cada vez mais ações nos municípios piauienses. “Vai fortalecer ainda mais as ações do Emater. O que queremos é estar dando uma estruturação nos escritórios do Emater e renovação da nossa frota a fim de melhorar e qualificar o nosso atendimento em campo”, destacou.

O diretor afirmou que são vários os trabalhos desenvolvidos para o desenvolvimento da produção rural. “Nós hoje estamos desempenhando vários programas no estado, posso citar o Piauí Empreendedor que está em parceria com as Câmaras Setoriais, onde o governador escolheu cinco cadeias produtivas para priorizar, onde temos inclusive projeto elaborado para a região de Picos para a Cajucultura. Cito agora ao período do Garantia Safra que vai atender a cerca de 130 mil famílias, após a perda da safra 2016 e 2017, com um valor de R$ 850 que essas famílias vão receber. Temos também o Crédito Rural que é voltado para elaboração de projetos para a Agricultura Familiar. Posso citar também o programa Viva o Semiárido que está em 49 municípios, levando renda e capacitação”, destacou.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB