Ciência e Tecnologia

Governo chinês bloqueia todas as funcionalidades do WhatsApp

Esta não é a primeira medida do governo chinês contra o aplicativo de troca de mensagens.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

Especialistas de segurança entrevistados pelo jornal “The New York Times” nesta segunda-feira (25), afirmaram que o governo chinês bloqueou todas as funcionalidades do aplicativo WhatsApp no país.

Segundo a reportagem, o bloqueio faz parte de uma séria de ações que aumentam na China antes de uma grande reunião do Partido Comunista em outubro. Esta não é a primeira medida do governo chinês contra o aplicativo de troca de mensagens. De acordo com informações do G1, um julho, funções como chamadas de vídeo e trocas de imagens já tinham sido bloqueadas no país, mas mensagens de texto continuavam funcionando.

  • Foto: Thomas Trutschel/Photothek/Getty ImagesWhatsApp WhatsApp

O Facebook também já havia sido bloqueado em 2009 e não funciona no país, assim como o Instagram. O bloqueio do Whatsapp sugere o desenvolvimento de um novo programa especializado em interferir na troca das mensagens. Os especialistas ouvidos pelo "NYT" relatam que o aplicativo começou a sofrer aos poucos na quarta-feira (20), mas que alguns usuários talvez ainda possam usar o serviço.

Mais conteúdo sobre: