Piauí - Teresina

Governo do Piauí inicia construção da Casa do Trabalhador

O local que vai sediar a Casa do Trabalhador é de propriedade do Governo do Estado, fica localizado no centro de Teresina, na Rua Paysandu.

- atualizado

Na manhã desta terça-feira (12), o Secretário de Estado do Trabalho e Empreendedorismo, Gessivaldo Isaías, recebeu na sala de reuniões da Secretaria do Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Setre) para a assinatura do contrato de construção da Casa do Trabalhador, o Secretário de Estado da Administração, Franzé Silva, o Diretor do Sistema Nacional de Empregos no Piauí (Sine-Pi), Nalianio Neiva e Bruno Liberato, Gerente da Rio Brasil Construções, empresa vencedora da licitação. O Secretário de Estado da Justiça, Daniel Oliveira, participou do ato e assinou o contrato como testemunha.

O local que vai sediar a Casa do Trabalhador é de propriedade do Governo do Estado, fica localizado no centro de Teresina, na Rua Paysandu, onde funcionou o Instituto de Criminalística. As obras se iniciam essa semana e a previsão de entrega é até o final do ano. Na construção, pontos importantes serão observados, como a questão da acessibilidade e um amplo auditório onde serão ministrados os cursos de qualificação ofertados pela Setre.

  • Foto: Divulgação/AscomFranzé Silva assina o contratoFranzé Silva assina o contrato

A necessidade se ter um lugar onde o trabalhador pudesse ter a sua disposição serviços como a emissão da carteira de trabalho, cursos de qualificação profissional, noções de empreendedorismo e o tão difícil encaminhamento ao mercado de trabalho, fez com que Gessivaldo Isaias idealizasse a Casa do Trabalhador, “Atualmente esses serviços são ofertados de forma descentralizada, na Casa do Trabalhador, eles serão ofertados em um só lugar”, falou o secretário.

Franzé Silva, destacou a importância dessa obra para os trabalhadores piauienses. “O Secretário Gessivaldo Isaías tem demostrado ao longo de sua gestão um cuidado com os trabalhadores e uma preocupação em ofertar serviços de qualidade. A Casa do Trabalhador não é apenas uma obra física, ela é um legado que será deixado para os trabalhadores. Não é só um prédio, mas um novo conceito de atendimento aos trabalhadores do Piauí”, disse.

Ainda de acordo com Gessivaldo Isaías, a intenção da Setre e do Governo do Estado é poder receber o trabalhador da melhor forma possível, pois é comum eles procurarem esses serviços desde as primeiras horas do dia, “Sabemos que muitas das vezes esse trabalhador saí cedo de casa e sem se alimentar. Nossa intenção é construir uma parceria com o Restaurante Popular, que fica próximo a Casa do Trabalhador, e logo cedo oferecer um café da manhã, para assim recebê-los com respeito e dignidade”, destacou Gessivaldo.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB