Piauí

Grupo Luauto esclarece suspensão de contrato com o TJ-PI

A empresa ressalta na nota que possui outros diversos contratos com empresas públicas e privadas a nível municipal, estadual e federal.

RAYANE TRAJANO

O Grupo Luauto usando seu direito de resposta, enviou nota ao GP1 a respeito da matéria publicada nesta quinta-feira (01) intitulada “TJ-PI cancela contrato de aluguel com Júnior da Luauto”, informando que o contrato de aluguel foi encerrado, porque o Tribunal de Justiça inaugurou o prédio próprio para o funcionamento do Juizado Especial Cível e Criminal da comarca de Teresina.

O imóvel fica localizado rua Des. Pires de Castro, centro/sul, na cidade de Teresina e estava locado desde 2013. A empresa ressalta na nota que possui outros diversos contratos com empresas públicas e privadas a nível municipal, estadual e federal.

Confira a nota na íntegra:

Como se sabe, o Grupo Luauto é reconhecido por atender integralmente as expectativas dos clientes, ofertando produtos e serviços de alta qualidade, com credibilidade e preço justo. Não à toa, mantem diversos outros imóveis alugados regularmente tanto para iniciativa privada, quanto para órgãos públicos municipais, estaduais e federais.

Com relação a matéria “TJ-PI cancela contrato de aluguel com Júnior da Luauto”, informamos que o imóvel em questão sempre foi utilizado regularmente pelo Tribunal de Justiça, funcionando o Juizado Especial Centro I. Ocorre que, com a inauguração de espaço próprio do TJ-PI para funcionamento do referido Juizado, o imóvel deixou de ser útil ao Tribunal de Justiça, motivando o encerramento de tal contrato.


Link do texto:

Grupo Luauto esclarece suspensão de contrato com o TJ-PI
http://www.gp1.com.br/noticias/grupo-luauto-esclarece-suspensao-de-contrato-com-o-tj-pi-405289.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.