Piauí - Teresina

Guarda Municipal de Teresina atende 374 ocorrências

Para o Capitão Monteiro Silva, comandante da Guarda Municipal de Teresina, as ações têm aproximado os guardas da população, além de conquistar a confiança daqueles que frequentam os espaços públicos.

- atualizado

A Guarda Civil Municipal de Teresina (GCM), criada com o intuito de garantir espaços públicos com segurança, completa seis meses de atuação com bons resultados nas atividades de prevenção a crimes em praças e locais de concentração de populares. Desde o dia 24 de janeiro, data de início da atuação dos guardas, até o mês de maio, última atualização dos números, foram registradas 374 ocorrências, desde apreensão de entorpecentes até a captura de animais silvestres sem licença ambiental.

De acordo com os dados oficiais da instituição, foram feitas 331 apreensões de drogas, dentre elas, maconha, cocaína, crack, loló e até remédios tarja preta sem prescrição médica. Também foram apreendidas 23 armas brancas, como facas e materiais pontiagudos. Houve, ainda, 17 conduções à Central de Flagrantes de Teresina e três apreensões de animais silvestres sem o devido licenciamento dos órgãos ambientais.

  • Foto: Divulgação/AscomGuarda Municipal de TeresinaGuarda Municipal de Teresina

Para o Capitão Monteiro Silva, comandante da Guarda Municipal de Teresina, as ações têm aproximado os guardas da população, além de conquistar a confiança daqueles que frequentam os espaços públicos. “Nós percebemos que os moradores do Parque Lagoas do Norte, do Parentão, por exemplo, têm recebido o nosso trabalho muito bem, porque garantimos a segurança nesses espaços. Pelo que vemos nas ruas, a população aprova a Guarda e isso é importante porque o nosso trabalho é em conjunto com a população”, pontua o comandante da GCM.

De acordo com o secretário da SEMCASPI, Samuel Silveira, “os números positivos da Guarda Municipal só mostram o quanto o trabalho tem surtido efeito em Teresina. Os espaços públicos agora são pontos de referência de segurança onde, caso tenha alguma ocorrência, as pessoas podem se dirigir até o guarda com mais rapidez. Nossa intenção é colaborar com as outras forças de segurança, como a PM e a Polícia Civil. Com esses números, nós vemos que o nosso trabalho tem dado bons frutos”, afirma Samuel Silveira.

ESTRUTURA E REMUNERAÇÃO

Ainda segundo o secretário Samuel Silveira, em breve, a GCM vai receber novos equipamentos. “Estamos acompanhando de perto as demandas da Guarda, que já recebeu melhorias no aparelhamento, além de uma nova sede no bairro Memorare. Nossos guardas recebem gratificações, como o adicional noturno, adicional extraordinário e de risco de vida, o que promove um acréscimo de 70% acima do valor inicial do salário, algo que já estava previsto no edital. E já está em tramitação uma licitação para a aquisição de novos equipamentos para a Guarda Municipal. Tudo isso promoverá a melhoria do nosso trabalho”, frisa o secretário.

Ao todo, são cerca de 110 guardas municipais realizando o trabalho em Teresina. Criada por meio da Lei Complementar nº 3.834, a atuação da Guarda Municipal é, primordialmente, para a proteção do patrimônio público e assistência à comunidade. Os guardas atuam em pontos como Parque da Cidadania, Complexo Esportivo Parentão, Parque Ambiental Lagoas do Norte e Centros de Esportes Unificados (CEU) Norte e Sul. Recentemente, 18 guardas passaram a ocupar, no horário das 8h às 22h, as praças da Bandeira, Fripisa e Rio Branco.

Mais conteúdo sobre: