Brasil

Hackers invadem sites do governo do DF e publicam ataques a Temer

Invasão foi registrada no domingo (11) e, segundo o governo, controlada no próprio dia.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

Sites do governo do Distrito Federal foram invadidos por hackers e adulterados com imagens e textos de oposição ao presidente Michel Temer no domingo (11). A Casa Civil e o governo local afirmou que solucionou o problema no mesmo dia. No entanto, nesta segunda-feira (12), sites de busca ainda mostravam ofensas direcionadas a Temer.

"Não pretendo começar isso com um discurso clichê de fora temer, mas primeiramente [expressão chula] Michel Temer e pra toda sua bancada", dizia a mensagem.

Em nota, o Palácio do Buriti diz que "o problema foi identificado e que configurações de segurança foram implementadas para evitar novos ataques". Ainda segundo o governo do Distrito Federal, a equipe de tecnologia enviou um pedido ao Google para a atualização dos bancos de dados, que poderia resultar na retirada dos xingamentos a Temer.

  • Foto: GoogleInvasão de sites do governo do DFInvasão de sites do governo do DF

“O episódio é chamado de ‘pichação de sites’ e não houve acesso a nenhum dado público”, concluiu o governo. Em abril, o governo do DF unificou todos os sistemas de servidores digitais para “prevenir possíveis ataques rackers” e deixar de pagar aluguel a empresas de Tecnologia da Informação.

Mais conteúdo sobre: