Política

Henrique Pires admite diálogo para assumir novo cargo federal

"Sou soldado do PMDB, quando PMDB mandar, se tiver uma condicionante e eu puder ajudar o Piauí, eu vou. Essa conversa existe há tempo, eu estava na Funasa ainda”, disse ele.

GERMANA CHAVES

- atualizado

O secretário nacional do Turismo do Governo Federal, Henrique Pires, admitiu diálogo acerca da possibilidade de assumir a secretaria Nacional de Saneamento do Ministério das Cidades. Apesar da confirmação, ao GP1, nesta quinta-feira (31), ele demonstrou um certo receio e advertiu que só se pronunciará depois que sua nomeação for publicada no Diário Oficial da União.

“Não confirmo [a nomeação]. Só trabalho com Diário Oficial da União e como não tem, não tem essa conversa. Sou soldado do PMDB, quando PMDB mandar, se tiver uma condicionante e eu puder ajudar o Piauí, eu vou. Essa conversa existe há tempo, eu estava na Funasa ainda”, disse ele.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Henrique PiresHenrique Pires

Questionado sobre a nota divulgada pela assessoria do ministério das Cidades, confirmando sua ida para o cargo, Henrique Pires mais uma vez demonstrou cautela: “Pois é, eles divulgam isso mas, só trabalho com a coisa oficial. Eu estou trabalhando pelo turismo do Piauí, inclusive, sexta vou visitar o Centro de Convenções, algumas obras de Teresina.”

Nota do Ministério

“O engenheiro -civil Antonio Henrique de Carvalho Pires assumirá a Secretaria Nacional de Saneamento do Ministério das Cidades. Pires substituirá o secretário interino Olavo de Andrade Neto, no cargo desde abril deste ano.

Formado pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), o novo secretário teve atuação relevante na área de saneamento básico como presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa). Também foi Secretário Nacional do Turismo no governo do presidente Michel Temer.”

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB