Política

Henrique Pires diz que não foi convidado para caravana de Lula

“Eu não fui convidado, só vou aonde me chamam", disse o secretário nacional.

GERMANA CHAVES

- atualizado

“Só vou aonde me chamam”. Essa foi a resposta do secretário nacional de Estruturação do Ministério do Turismo, Henrique Pires (PMDB) ao ser questionado se iria participar da caravana do ex-presidenteLuiz Inácio Lila da Silvaque desembarcou nesta sexta-feira (01) no Piauí.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Henrique PiresHenrique Pires

“Eu não fui convidado, só vou aonde me chamam. Voto no presidente Lula desde 1989, votei na presidente Dilma duas vezes porque o Temer era o vice. Agora acho muito difícil que na próxima eleição o PMDB esteja junto com PT a nível nacional”, disse o secretário.

Quanto ao impasse do PMDB do Piauí que hoje está dividido entre duas teses: ter candidato próprio como defende o presidente nacional do Sesi, ex-ministro João Henrique Sousa ou, seguir na aliança com governador do Estado Wellington Dias (PT) e tentar emplacar o deputado estadual Themístocles Filho na vaga de vice na chapa do petista em 2018.

“Eu só discuto eleição no próximo ano. São pleitos legítimos tanto do Themístocles quanto do [ex] ministro João Henrique”, desconversou.

MAIS NA WEB