Piauí - Esperantina

Homem é preso acusado de estuprar enteada de 12 anos no Piauí

O delegado Leonardo Alexandre, da Delegacia Regional de Esperantina, afirmou ao GP1 que a prisão aconteceu após relatos da criança.

BÁRBARA RODRIGUES

- atualizado

Rogério Lopes Fernandes foi preso nesta terça-feira (12) pela Polícia Civil de Esperantina acusado pelo estupro da enteada de 12 anos, que possui deficiência intelectual. O delegado Leonardo Alexandre, da Delegacia Regional de Esperantina, afirmou ao GP1 que a prisão aconteceu após relatos da criança.

“A criança relatou os abusos para a professora e psicóloga que fazem o acompanhamento dela. Elas foram então para delegacia para que fossem tomadas as medidas legais. Então ontem no período da tarde eu recebi o Conselho Tutelar notificando o crime de estupro de vulnerável tendo como vítima a menor, inclusive que possui deficiência intelectual e que faz acompanhamento pela Apae de Esperantina. Solicitei a presença da psicóloga que faz acompanhamento com ela, para que fosse colhido o depoimento. Devido a gravidade do caso, ela foi submetida a um exame de corpo e delito que constatou o crime de estupro de vulnerável”, explicou o delegado.

  • Foto: Divulgação/Polícia CivilRogério Lopes FernandesRogério Lopes Fernandes

O delegado solicitou o pedido de prisão e que depois foi aceito pela juíza Lidiane Batista. O acusado foi preso nesta terça-feira. “Apresentamos em caráter de urgência para a juíza plantonista, que prontamente concedeu a prisão preventiva e na tarde de hoje efetuamos a prisão do suspeito. Agora ele está preso na delegacia e amanhã irá para penitenciária de Esperantina”, disse o delegado.

Leonardo Alexandre afirmou ainda que o acusado negou a autoria do crime durante o depoimento. “Ele negou os crimes, mas diante do que já foi levantado, não há nenhuma dúvida que ele praticou os atos noticiados”, finalizou.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB