Piauí - Demerval Lobão

Homem é preso acusado de matar mototaxista em Demerval Lobão

Além dele, foi apreendido um menor de idade V.M.S, o Manu. Um outro menor, identificado como P.L.M, conhecido por Malandrão ou Vitim, foi interrogado, porém após liberado.

ANDRÉ DOS SANTOS

- atualizado

Durante esta sexta-feira (17) a Polícia Civil, com o apoio da Polícia Militar, prendeu um indivíduo identificado Bruno Borges Fernandes, o Burrim. Além dele, foi apreendido um menor de idade V.M.S, o Manu. Um outro menor, identificado como P.L.M, conhecido por Malandrão ou Vitim, foi interrogado e depois liberado.

A prisão e as apreensões são decorrentes da investigação de um homicídio que ocorreu no dia 11 de março de 2017, e que vitimou o mototaxista Antônio da Silva, em Demerval Lobão. Os três citados foram encontrados em endereços diferentes no bairro Boa Esperança, onde estavam escondidos. “A polícia trabalha com a tese de que o crime ocorreu por motivo de vingança, em razão das lesões que sofreu o menor por conta do assalto frustrado no dia anterior”, informou o delegado Luis Guilherme.

  • Foto: Divulgação/PCHomem preso e menores apreendidos em Demerval LobãoHomem preso e menores apreendidos em Demerval Lobão

A dona da residência onde eles estavam escondidos, por nome Mauriane de Sousa, foi conduzida para a delegacia e autuada em flagrante pelo crime de favorecimento pessoal e irá responder por ter dado fuga e guarida a foragidos da justiça.

Relembre o crime

Antônio da Silva foi alvejado com quatro disparos de arma de fogo a queima roupa, na porta da residência da namorada Celia Gomes. O suspeito de efetuar os disparos é um menor de idade, conhecido como “Manu”. A polícia acredita que o homicídio tenha sido motivado por vingança.

Segundo o capitão Samuel, do 6º Batalhão da Polícia Militar, no dia 10 de março, o menor tentou roubar a moto da vítima, que reagiu e desferiu uma facada contra o acusado. Segundo a PM, no dia seguinte, o menor acompanhado de outros dois comparsas, foi até o bar onde o mototaxista estava e efetuou pelo menos cinco disparos em Antônio. Após crime, o trio fugiu em uma motocicleta.