PI - Teresina

HUT bate recorde de cirurgias de reconstrução da face no Brasil

Em entrevista ao GP1 o Dr. Gilberto Albuquerque, diretor geral do HUT, informou que em média, por mês, 90 pessoas que precisam da cirurgia dão entrada no hospital.

- atualizado

O Hospital de Urgência de Teresina (HUT), localizado na zona sul de Teresina, foi destaque em nível nacional em relação a quantidade de cirurgias de reconstrução de face que foram realizadas em 2016. Conforme os dados do Departamento de Informática do SUS (DATASUS), o HUT realizou 576 cirurgias de reconstrução de face, tendo sido o primeiro no Brasil em número de procedimentos.

Ainda de acordo com os dados, abaixo do HUT ficou o Instituto Dr. José Frota (Fortaleza – CE) com 554 cirurgias e do Hospital Regional de Arapiraca (AL), com 501 procedimentos, no ano de 2016. Este ano o HUT já atendeu 3.494 vítimas de acidentes de trânsito dentre estes 2.905 foram vítimas de acidentes com motocicletas. Em entrevista ao GP1,o médico Gilberto Albuquerque, diretor geral do HUT, informou que em média, por mês, 90 pessoas que precisam da cirurgia dão entrada no hospital.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Diretor do HUT, Gilberto AlbuquerqueDiretor do HUT, Gilberto Albuquerque

“Praticamente são para pessoas que sofreram acidentes de motocicletas. São sempre jovens de 21 a 40 anos que é o principal público, e geralmente homens. Casos médios são avaliados em R$ 7 mil, pois existem fratura de face que quebra apenas em um lugar, e tem outras que quebram em seis lugares, essa última é avaliada em R$ 40 mil. Então varia muito”, informou.

Segundo Gilberto, esse recorde não foi somente em relação ao Brasil, e sim ao mundo inteiro. “O HUT é o hospital que mais trabalha, opera, em decorrência de acidentes de moto. A nossa qualidade de serviço é muito boa, conseguimos dá vazão da rapidez do acidente, mas em compensação é um acidente evitável”, finalizou.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB