Piauí - Teresina

HUT bate recorde de cirurgias de reconstrução da face no Brasil

Em entrevista ao GP1 o Dr. Gilberto Albuquerque, diretor geral do HUT, informou que em média, por mês, 90 pessoas que precisam da cirurgia dão entrada no hospital.

- atualizado

O Hospital de Urgência de Teresina (HUT), localizado na zona sul de Teresina, foi destaque em nível nacional em relação a quantidade de cirurgias de reconstrução de face que foram realizadas em 2016. Conforme os dados do Departamento de Informática do SUS (DATASUS), o HUT realizou 576 cirurgias de reconstrução de face, tendo sido o primeiro no Brasil em número de procedimentos.

Ainda de acordo com os dados, abaixo do HUT ficou o Instituto Dr. José Frota (Fortaleza – CE) com 554 cirurgias e do Hospital Regional de Arapiraca (AL), com 501 procedimentos, no ano de 2016. Este ano o HUT já atendeu 3.494 vítimas de acidentes de trânsito dentre estes 2.905 foram vítimas de acidentes com motocicletas. Em entrevista ao GP1, o médico Gilberto Albuquerque, diretor geral do HUT, informou que em média, por mês, 90 pessoas que precisam da cirurgia dão entrada no hospital.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Diretor do HUT, Gilberto AlbuquerqueDiretor do HUT, Gilberto Albuquerque

“Praticamente são para pessoas que sofreram acidentes de motocicletas. São sempre jovens de 21 a 40 anos que é o principal público, e geralmente homens. Casos médios são avaliados em R$ 7 mil, pois existem fratura de face que quebra apenas em um lugar, e tem outras que quebram em seis lugares, essa última é avaliada em R$ 40 mil. Então varia muito”, informou.

Segundo Gilberto, esse recorde não foi somente em relação ao Brasil, e sim ao mundo inteiro. “O HUT é o hospital que mais trabalha, opera, em decorrência de acidentes de moto. A nossa qualidade de serviço é muito boa, conseguimos dá vazão da rapidez do acidente, mas em compensação é um acidente evitável”, finalizou.

Mais conteúdo sobre: