Piauí

Itaú BMG Consignado é condenado a pagar R$ 5 mil a aposentado

A decisão do juiz Leandro Emídio Lima e Silva Ferreira é desta quarta-feira, 30 de novembro.

JOCIARA LUZ

- atualizado

O juiz da 2ª Vara da Comarca de Campo Maior, Leandro Emídio Lima e Silva Ferreira, condenou o Banco Itaú BMG Consignado a pagar indenização de R$ 5 mil a um aposentado, por cobranças indevidas em seu benefício. A decisão é desta quarta-feira, 30 de novembro.

Valdimir Pereira Cavalcante ingressou com a ação em fevereiro deste ano afirmando que é aposentado junto ao INSS e foi surpreendido com descontos de parcelas referentes a um empréstimo consignado que ele não contratou e que foi vítima de fraude.

  • Foto: Street ViewBanco Itaú Banco Itaú

Citado, o banco apresentou defesa e alegou que o contrato é legal e legítimo, que não foi caracterizada a ocorrência de danos morais e quem em caso de comprovação de fraude, não pode ser responsabilizada pelo caso.

O juiz analisou os autos e afastou as alegação do Itaí BMG Consignado, condenando a instituição financeira, além de pagar a indenização, a devolver em dobro os valores descontados irregularmente do benefício de Valdimir

Mais conteúdo sobre: