Política

Jeová Alencar acha que o PSDB deveria seguir no Governo Temer

“Acho que o PSDB, na minha opinião, deveria permanecer até para ajudar a equilibrar o país e continuar dando a sua contribuição", disse Jeová.

GERMANA CHAVES

- atualizado

O presidente da Câmara Municipal de Teresina, vereador Jeová Alencar (PSDB), acredita que o mais prudente, neste momento, seria a permanência do PSDB na base do presidente da República brasileira Michel Temer (PMDB).

“Acho que o PSDB, na minha opinião, deveria permanecer até para ajudar a equilibrar o país e continuar dando a sua contribuição. Mas, a decisão que o partido tomar será a nossa também. Estaremos juntos com o partido em qualquer situação”, disse o presidente da Câmara da Capital.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Jeová AlencarJeová Alencar

Apesar de externar a opinião, Jeová lembrou que a cautela é um item importante por conta das incertezas que o Brasil atravessa. E alertou que a estabilidade é crucial para o país voltar a crescer.

“Acho que cautela é o mais correto agora. Não se pode ter ansiedade e nem medidas precipitadas, sobretudo, pelo momento. Se diz uma coisa hoje e amanhã já e outra. São muitos acontecimentos e todo dia tem uma novidade. O PSDB tem que ter mais cautela e tranquilidade para analisar friamente o processo que o país passa. Precisamos de uma estabilidade política para tentar crescer economicamente”, analisou o vereador tucano.

A cúpula do PSDB nacional se reunirá na tarde desta segunda-feira, em Brasília, para analisar se deixa ou permanece no Governo Federal. Apriori, as sinalizações para um partido dividido e inundado de incertezas quanto a decisão final. Cabe lembrar que hoje os tucanos são os principais aliados de Temer que tomará todas as medidas para abortar a debandada do partido.

Mais conteúdo sobre: