Política

João Henrique diz que tem tempo para oficializar convenção

“Não há pressa pra isso [oficializar o pedido] como pedimos para janeiro, temos tempo para fazer esse procedimento de forma oficial", disse o ex-ministro.

GERMANA CHAVES

- atualizado

O presidente do Conselho Nacional do Sesi e ex-ministro dos Transportes, João Henrique Sousa disse ao GP1, que não tem pressa para oficializar o pedido, junto a Executiva Estadual do PMDB, para realização de uma convenção extraordinária em janeiro de 2018. O objetivo é consultar que caminho o partido deverá trilhar no próximo ano.

  • Foto: Lucas Dias/GP1João HenriqueJoão Henrique

“Não há pressa pra isso [oficializar o pedido] como pedimos para janeiro, temos tempo para fazer esse procedimento de forma oficial. Nosso desejo é ter uma convenção no início do ano que vem para definir que rumo o partido deverá tomar”, reafirmou o ex-ministro.

A ideia de oficializar a realização da consulta começou a ser cogitada por João Henrique Sousa depois que alguns membros da sigla, a exemplo do presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, Themístocles Filho, ter recuado da proposta. Incialmente, ele aceitou, mas dias depois, disse que não haveria necessidade de fazer essa sondagem.

Atualmente vislumbra-se três caminhos para o PMDB piauiense: seguir com o governador do Estado Wellington Dias (PT) só que na vaga de vice-governador ou com uma indicação para o Senado Federal. A terceira possibilidade é lançar candidato próprio como tem defendido o ex-ministro.

MAIS NA WEB