Brasil

José Dirceu é filmado curtindo festa de aniversário em Brasília

O ex-presidente da Câmara, João Paulo Cunha, também estava no evento.

DÉBORA DAYLLIN

- atualizado

No último sábado (11), o ex-ministro José Dirceu, condenado pelo juiz Sérgio Moro na Operação Lava Jato, foi filmado dançando na festa de aniversário de sua mulher, em Brasília.

De acordo com o G1, desde maio deste ano Dirceu aguarda em liberdade uma decisão da segunda instância (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), que pode manter a condenação ou absolvê-lo.

Enquanto isso, ele é obrigado a cumprir algumas medidas restritivas, como uso de tornozeleira eletrônica e a proibição de deixar Brasília, cidade em que ele mora. Segundo as determinações da Justiça, o ex-ministro pode participar de festas como a do último sábado.

Veja outras medidas que Dirceu é obrigado a cumprir: proibição de se comunicar com outros acusados ou testemunhas de ações penais a que responde na Lava Jato; comparecimento a todos os atos do processo e atendimento às intimações; proibição de deixar o país, com entrega de passaportes brasileiros e estrangeiros.

O advogado de Dirceu, Roberto Podval, afirmou que o ex-ministro tem o direito de comparecer a uma festa, como a da esposa, enquanto estiver em liberdade. "Ele está solto. Enquanto estiver solto, tem o direito de comparecer à festa da esposa. Direito dele. Direto de gozar da liberadade enquanto estiver nessa posição", afirmou o advogado.

O ex-presidente da Câmara, João Paulo Cunha, também estava no evento. Ele foi condenado no julgamento do mensalão do PT, mas já cumpriu a pena.

Veja o vídeo abaixo

MAIS NA WEB