Enviar por e-mail

Enviar notícia por e-mail
Exemplo: nome@example.com. Para enviar para mais de uma pessoa, separe os endereços por vírgulas
Informe o seu nome
Informe o seu endereço de e-mail
Os comentários serão incluídos na mensagem

Comunicar erros

Comunicar erro na notícia
Informe o seu nome
Informe o seu endereço de e-mail
Descreva o que há de errado com esta notícia
27/11/2008 - 08h35
EXPOSIÇÃO

Jovem de 17 anos deixa escola após vídeo de sexo cair na web

O vídeo foi divulgado pela primeira vez no final de setembro.

do GP1

Uma jovem de 17 anos deixou o trabalho e a escola depois que um ex-namorado teria divulgado na Internet um vídeo de 42 segundos de duração feito por meio de um celular com cenas de sexo entre eles. Ela vive no Jardim Curitiba 2, região noroeste de Goiânia (GO). João Vítor de Jesus Mariano, 18 anos, teria divulgado as imagens para amigos. Ele teria exibido as cenas até em um telão de bar, durante a transmissão de um jogo de futebol. Ambos moram no mesmo bairro, mas não namoravam há mais de um ano.

O vídeo foi divulgado pela primeira vez no final de setembro, época em que a adolescente procurou a polícia. No entanto, ela não conseguiu impedir que as cenas caíssem nas mãos de diversos moradores da região e se tornou alvo de piadas, agressões verbais e até propostas de baixo calão por onde quer que andasse. A polícia teria encontrado uma cópia do vídeo também no celular de uma criança de 10 anos.

Na segunda-feira, a polícia cumpriu mandados de busca e apreensão na casa de João Vítor, em uma lan house na qual um amigo do jovem teria colocado o vídeo na Internet e em um bar, onde foram apreendidos um aparelho de DVD e um projetor. Os agentes apreenderam na casa do rapaz um computador, duas máquinas fotográficas e três celulares.

O suspeito foi encaminhado para o 22º Distrito Policial de Goiânia e disse que fez tudo com o consentimento da jovem, inclusive a divulgação das cenas para os amigos.

A adolescente disse em depoimento que autorizou a gravação das cenas porque na época "amava muito" João Vítor. Entretanto, não sabia que ele mostraria a gravação para alguém. A polícia investiga a informação de que ele teria feito outros sete vídeos com cenas de sexo com a ex-namorada ou com outras adolescentes.

Na delegacia, a jovem contou que abandonou a escola - ela cursava o supletivo da 7ª e 8ª séries - e que perdeu o emprego dias após ser contratada porque um colega descobriu a história do vídeo. Ontem, ela voltou ao 22º DP para registrar queixa de ameaça que teria sido feita pelo ex-namorado.

João Vítor vai ser indiciado por exploração sexual de adolescente e divulgação de material pornográfico com adolescente. Os responsáveis pelo bar, lan house e do motel onde os dois mantiveram relação sexual também podem ser penalizados.

Fonte: Terra

Keywords: vídeo de sexo, vídeo de sexo na web


Saiba mais sobre Notícias do Brasil
Avalie:
Média de avaliações:
0 votos
Comente esta reportagem
Comentário
Escreva aqui seu comentário
De onde você é?
Escolha um Estado
Escolha sua Cidade
Quem é você?
Informe o seu Nome
Informe o seu E-mail!

Comentários (0)

  • Não há comentários nesta notícia

Publicidade

tempo real


Publicidade