Piauí - Teresina

Jovem é preso por cultivar 14 pés de maconha no Planalto Uruguai

De acordo com a Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre), ele estava cultivando quatorze pés de maconha no jardim e no quintal de casa. 

LUCAS MARREIROS

- atualizado

Jovem é preso por cultivar pés de maconha em Teresina

Um jovem identificado como João Wilson de Assunção, de 26 anos, foi preso na manhã desta segunda-feira (28), no loteamento Planalto Uruguai, na zona leste de Teresina. De acordo com a Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre), ele estava cultivando quatorze pés de maconha no jardim e no quintal de casa.

"Recebemos uma denúncia anônima e hoje fomos ao local, chegando lá, adentramos na casa e comprovamos essa plantação. A maior já estava plantada no quintal e nós arrancamos. Ele fazia as mudas em jarros e quando estava florindo ele recolhia e botava para a secar. A partir do cultivo, ele desenvolvia dois alucinógenos, um a partir da folha e outro da flor, que é três vezes mais forte", explicou o delegado Menandro Pedro, coordenador da Depre.

O jovem e os pés foram conduzidos para a sede da Depre. Lá, João Wilson alegou que estava plantando apenas para consumo próprio. "Eu aprendi a cultivar assistindo vídeo na internet, comecei a fazer depois que fiquei desempregado e não tinha mais dinheiro para comprar. Eu não estava vendendo e vou tentar provar isso. Eu sei que é errado, me viciei e estava alimentando meu vício. Agora vou deixar a Justiça resolver e tentar me reabilitar, pois eu nunca pratiquei crime nenhum antes", afirmou ao GP1.

O coordenador da Depre ressaltou que independente da afirmação do suspeito o inquérito será instaurado dentro dos procedimentos legais. "Eu tenho que autuar ele em flagrante por tráfico de drogas, porque a legislação diz que quem planta está praticando esse crime. Depois ele vai para a audiência de custódia e futuramente irá responder pelo delito que cometeu", finalizou o delegado Menandro Pedro.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB