Piauí - Alto Longá

Juiz aceita denúncia contra Jivago Castro por desvio de R$ 1 milhão

A decisão da juíza federal Vládia Maria de Pontes Amorim, substituta da 3ª Vara Federal, é da última terça-feira (25).

RAISA BRITO

- atualizado

A juíza federal Vládia Maria de Pontes Amorim, substituta da 3ª Vara Federal, recebeu denúncia contra o ex-prefeito de Alto Longá, Augusto César de Abreu da Fonseca, mais conhecido como César Sindô, e o empresário Jivago de Castro Ramalho por desvio de dinheiro público. A decisão é da última terça-feira (25).

  • Foto: Divulgação/Facebook/Jivago CastroCésar Sindô e Jivago CastroCésar Sindô e Jivago Castro

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal, Augusto César, na condição de prefeito de Alto Longá, entre os anos de 2004 a 2008, teria desviado recursos públicos oriundos da FUNASA, repassados à Prefeitura por intermédio dos convênios de nº 1559/2005 (no valor de R$ 500 mil) e 890/2006 (R$ 1.034.704,48), em favor do empresário Jivago Castro, representante legal da empresa Vanguarda Engenharia Ltda, contratada para a execução das obras relativas aos referidos convênios, que tinham por objeto a construção do Sistema de Esgotamento Sanitário no município.

Para o juiz, há indícios de autoria e materialidade dos fatos narrados na denúncia, sendo certo que a empresa executora da obra não aplicou integralmente os recursos recebidos, tendo executado apenas 69,99% do seu objeto.

Outro lado

Procurados nesta segunda-feira (31), César Sindô e Jivago Castro não foram localizados para comentar a denúncia. O GP1 continua aberto para quaisquer esclarecimentos.