Piauí - Teresina

Juiz condena assaltantes por morte de comerciante em Teresina

A sentença do juiz Washington Luiz Gonçalves Correia, titular da 8ª Vara Criminal de Teresina, é desta segunda-feira (11).

BRUNNO SUÊNIO

- atualizado
  • Foto: Jociara Luz/GP1Comeciante morto no centro de TeresinaComerciante morto no centro de Teresina

O juiz Washington Luiz Gonçalves Correia, titular da 8ª Vara Criminal de Teresina, condenou Cássio Venuto Ferreira e Marcos de Sousa Rocha pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte) contra o comerciante José Wilton Barros Veloso, em maio do ano passado, no centro da Capital. A sentença é desta segunda-feira (11).

Cássio foi condenado a 24 anos e seis meses de reclusão, em regime inicial fechado ao pagamento de 33 dias-Multa, à razão de 1/30 do salário mínimo. Já Marcos foi condenado a 20 anos de reclusão também em regime inicial fechado e ao pagamento de 25 dias-multa, à razão de 1/30 do salário mínimo.

O juiz negou aos acusados o direito de recorrerem em liberdade, “posto que participaram de crime de gravíssima repercussão social, onde, em companhia de outro comparsa, ceifou a vida da vítima provedor de sua família, mediante atos de extrema violência e unidade de desígnios e mediante ameaça com arma de fogo subtraíram uma quantia em dinheiro, em seguida causaram a morte da vítima por disparo com a referida arma, pelas costas”.

O crime

José Wilton Barros Veloso, de 55 anos, morreu após ser atingido com um tiro nas costas, na tarde do dia 6 de maio de 2016, após uma tentativa de assalto na rua Paissandu, situada no centro de Teresina. A vítima era proprietária do depósito de grãos Sacaria Vieira.

De acordo com o cabo J. Carlos, do 1º BPM, dois homens em uma motocicleta modelo Fan, cor preta, tentaram assaltar a vítima e um deles acabou disparando contra o microempresário.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB