Piauí - Cocal de Telha

Juiz vai ouvir testemunhas em ação contra ex-prefeito Zé Salú

A Audiência foi marcada pelo juiz federal Agliberto Gomes Machado, da 3ª Vara Federal.

RAISA BRITO

- atualizado

O juiz federal Agliberto Gomes Machado, da 3ª Vara Federal, marcou para o dia 13 de outubro, às 10h30, audiência para ouvir testemunhas de acusação em ação penal da qual são réus o ex-prefeito de Cocal dos Alves José Erasmo da Silva, mais conhecido como Zé Salú, Marcos Erasmo da Silva, filho do ex-prefeito e a empresária Antônia Nonata da Costa. A denúncia foi recebida em maio deste ano.

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal, os acusados agiram em conluio para desviarem recursos do SUS (Sistema Único de Saúde) repassados pelo Fundo Nacional de Saúde ao Município de Cocal de Telha, nos meses de novembro e dezembro de 2008, através da emissão de notas fiscais “frias”, de forma a justificar a aplicação destes recursos.

Zé Salú e Marcos Erasmo apresentaram defesa arguindo a inépcia da denúncia pela não individualização das condutas deles, e defenderam a ausência de justa causa, ante a inexistência de comprovação da materialidade delitiva. Já a empresária não apresentou defesa.

As testemunhas indicadas pelo MPF que serão ouvidas são: Manoel Cristino, Carlos Augusto dos Anjos, Georgio Ribeiro Fernandes e Gilberto Quaresma Lustosa.