Política

Júnior do MP3 revela planos no dia que completa 26 anos de PT

“Pretendo que o PT me considere como militante filiado há 26 anos", disse o petista.

GERMANA CHAVES

- atualizado

Um militante histórico do PT completa hoje 26 anos de filiação, mas com muitas ressalvas e mágoas declaradas. Na manhã desta quinta-feira (01), o GP1 conversou com o polêmico Júnior do MP3. Durante a entrevista, ele revelou à nossa reportagem que vai enviar uma carta a presidente regional da legenda no Piauí, a senadora Regina Sousa ressaltando as amarguras que possue de alguns líderes da legenda, além de pedir o apoio do Partido dos Trabalhadores na disputa por uma das 30 cadeiras da Assembleia Legislativa do Estado.

Ao relatar com nostalgia o ingresso ao PT, Júnior lembrou da participação maior dos movimentos de base nas definições partidárias. “Me filiei no dia 1 de dezembro de 1990, com 20 anos de idade. Tenho 46 anos hoje e no começo eram muitas alegrias, lutas, éramos considerados, vínhamos dos movimentos sociais e estudantis. O partido não tinha tomado o poder ainda mas, após ganhar as eleições, as coisas mudaram de figura. Me sinto colocado a margem, isso é muito triste. Me isolam por tudo que eu falo”, desabafou o petista.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Júnior mp3Júnior mp3

Quanto aos planos eleitorais, Júnior revelou que em uma carta endereçada a Regina Sousa vai pedir o apoio do partido em busca de um assento na Assembleia. Ele adiantou que se esse alinhamento não ocorrer, será obrigado definitivamente, a deixar o PT.

“Respeito muito algumas pessoas no PT, com quem tenho relação fraterna e estas me pediram cautela. Vou escrever uma carta direcionada a senadora Regina Sousa dizendo do meu sentido em relação ao partido e pedindo apoio a minha candidatura a deputado estadual em 2018. Vou contar que estou magoado e triste. Contudo, terei cautela quanto a um eventual desligamento do partido porque essas pessoas estão pedindo isso. Não posso deixar de lembrar que nestas eleições, o partido precisava de um candidato, mas todos que ensaiaram uma candidatura desistiram, então me coloquei a disposição, porém, me isolaram. Enfim, por valorização aos meus princípios, não me tornei candidato a vereador. Me anulei nessa eleição”, ressaltou MP3.

Futuro

Júnior deixou claro que não sendo possível seguir no PT vai buscar uma nova sigla para se viabilizar politicamente para as próximas eleições.

“Pretendo que o PT me considere como militante filiado há 26 anos, que construiu o partido e esse governo que está aí. Caso, não haja essa consideração, não posso ficar. Como eu já disse tenho planos políticos, seja pelo PT ou em outro partido, desde que esse seja de linha esquerda. Mas, antes de qualquer decisão, estou usando todas as cartas que o partido me dá e se mesmo assim eu não tiver o reconhecimento que eu mereço terei que escolher outro destino”, frisou o petista.

Mais conteúdo sobre:

Link do texto:

Júnior do MP3 revela planos no dia que completa 26 anos de PT
http://www.gp1.com.br/noticias/junior-do-mp3-revela-planos-no-dia-que-completa-26-anos-de-pt-405261.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.