Piauí - Altos

Justiça Eleitoral cassa mandato da vereadora Neide da Barroquinha

A vereadora foi acusada de distribuição de notas de combustível entre eleitores para obtenção de apoio político, ou seja, de maneira indireta, pelo uso do Poder Econômico para obtenção de votos.

RAISA BRITO

- atualizado

A juíza Carmem Maria Paiva Ferraz Soares, da 32ª Zona Eleitoral, situada em Altos, julgou procedente Ação de Investigação Judicial Eleitoral – AIJE ajuizada pelo Ministério Público Eleitoral e cassou o mandato da vereadora Rosineide Pereira dos Santos Macedo (PDT), a conhecida “Neide da Barroquinha”, por infração ao art.41-A da Lei 9.504/97 que tipifica a captação ilícita de sufrágio. A juíza também aplicou a sanção de inelegibilidade por 08 (oito) anos.

A vereadora foi acusada de distribuição de notas de combustível entre eleitores para obtenção de apoio político, ou seja, de maneira indireta, pelo uso do Poder Econômico para obtenção de votos, comprometendo a lisura do pleito afetando a isonomia entre os candidatos.

Na sentença foi determinado ao Presidente da Câmara Municipal de Altos para dar posse ao suplente José Edson Dias das Neves (PMB), o conhecido “Edson do Raio X”, no prazo de 48 horas. 

A sentença foi dada em 17 de abril de 2017 e cabe recurso ao Tribunal Regional Eleitoral do Piauí.


MAIS NA WEB