Piauí - Morro do Chapéu do Piauí

Justiça julga improcedente ação contra prefeito Marcos Henrique

A sentença foi dada no dia 21 de julho pelo juiz Thiago Coutinho de Oliveira.

GIL SOBREIRA

- atualizado

A Justiça Eleitoral julgou improcedente a Ação de Investigação Judicial Eleitoral – AIJE que pedia a cassação do prefeitoe vice da cidade de Morro do Chapéu do Piauí, Marcos Henrique Fortes Rebelo (PMDB) e Lucido Fortes Rebelo (PMDB), respectivamente.

A ação foi ajuizada pela coligação “Agora é a vez do Povo” do candidato a prefeito derrotado, Bernardo Sirqueira Silva (PT). O prefeito foi acusado de abuso de poder econômico e abuso de poder político.

  • Foto: DivulgaçãoMarcos Henrique Fortes Rebelo Marcos Henrique Fortes Rebelo

Para o magistrado, os pedidos formulados são claramente improcedentes, não havendo nenhuma demonstração sobre eventuais pedidos de voto ou apoio político, em troca de vantagens, por parte dos investigados.

A sentença foi dada no dia 21 de julho pelo juiz Thiago Coutinho de Oliveira, que está respondendo pela 41ª Zona Eleitoral, situada em Esperantina.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB