Política

Líderes do PP do Piauí tentam neutralizar petistas descontentes

“Somos um aliado de primeira hora. O PP participou e colaborou com a eleição do governador Wellington Dias e também compomos o Governo”, disse a vice.

GERMANA CHAVES

- atualizado

As principais lideranças doPP do Piauí têm reafirmado que não existe descompasso na relação com o Partido dos Trabalhadores. A ideia é neutralizar o açodamento de alguns petistas que têm se posicionado de maneira espinhosa quanto aos aliados progressistas.

Durante entrevista à imprensa, a vice-governadora Margarete Coelho afirmou que não existe estremecimento entre as duas forças políticas e lembrou que o PP colaborou com a eleição do governador do Estado, Wellington Dias (PT) em 2014.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Margarete CoelhoMargarete Coelho

“Somos um aliado de primeira hora. O PP participou e colaborou com a eleição do governador Wellington Dias e também compomos o Governo”, disse a vice.

A mesma postura tem adotado o presidente do PP no Piauí, o deputado estadual Júlio Arcoverde que tem reafirmado que está tudo tranquilo com o Governo. Recentemente, Wellington Dias recebeu todos os prefeitos do PP e prometeu dar encaminhamento as pautas tratadas na oportunidade. Osenador Ciro Nogueira Filho, presidente nacional do PP, também participou do encontro.