Política

Luciano Nunes diz que PSDB deve pagar por decisão

“O partido está dividido, mas prevaleceu a vontade da maioria de se manter na base. O PSDB tem que pagar o preço pela posição que tomou”, disse o deputado.

GERMANA CHAVES

- atualizado

“O PSDB tem que pagar o preço pela decisão que tomou”. A declaração foi do deputado estadual Luciano Nunes acerca da decisão do PSDB de seguir na base de apoio do presidente da República Michel Temer (PMDB). O parlamentar acredita que mesmo deixando o Governo para se unir ao PT na oposição, os tucanos também seriam amplamente criticados.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Luciano NunesLuciano Nunes

“Até onde eu sei a decisão foi tomada de forma apertada. O partido está dividido, mas prevaleceu a vontade da maioria de se manter na base. O PSDB tem que pagar o preço pela posição que tomou. Apesar de acreditar também que teria sido repercutida a decisão de sair e se juntar ao PT na oposição. Uma decisão ou outra trariam críticas fortes”, disse o deputado.

Luciano Nunes chamou atenção para a necessidade de se ter cautela diante dos problemas instalados no país. Ele afirmou que avaliar o impacto dos últimos acontecimentos não seria recomendado.

“É difícil analisar agora, tanto do ponto de vista nacional quanto estadual. Vamos agora ver os desdobramentos para o ano que vem, sobretudo, para as eleições. Tudo está muito incerto e escuro ainda”, ponderou o deputado.

O parlamentar disse ainda: "Na minha avaliação o mais prudente seria entregar os cargos que ocupa no Governo e manter-se no Congresso defendo as reformas que sempre defendeu”, finalizou.

Mais conteúdo sobre: