Política

Lula depõe para explicar suspeita de obstrução da Lava Jato

O ex-presidente prestará depoimento da 10ª Vara Federal de Brasília.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva prestou depoimento nesta terça-feira (14), ao juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, para explicar a suspeita de que tentou obstruir as investigações da Operação Lava Jato.

No depoimento, o petista negou que tenha atuado para obstruir a operação Lava Jato. Lula afirmou que os fatos apresentados se tratam de “ilações”. Disse também que os governos do PT fizeram com que as instituições no Brasil fossem fortalecidas.

“Me ofende profundamente insinuação de que o PT é organização criminosa”, disse. “A procuradoria não existia, era uma peça de ficção, quando cheguei no governo”, completou.

  • Foto: Wilton Junior/Estadão ConteúdoLuiz Inácio Lula da Silva Luiz Inácio Lula da Silva

Luiz Inácio Lula da Silva é um dos sete réus da ação penal que foi aberta em julho do ano passado para investigar se houve uma tentativa do grupo de convencer o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró a não fechar acordo de delação premiada.

De acordo com o G1, as investigações apontam que Lula, o senador cassado Delcídio do Amaral (sem partido-MS), o ex-chefe de gabinete de Delcídio Diogo Ferreira, o banqueiro André Esteves, sócio do BTG Pactual, o advogado Edson Ribeiro, o pecuarista José Carlos Bumlai e o filho dele, Maurício Bumlai, teriam tentado impedir que Cerveró revelasse à Justiça detalhes do esquema de corrupção que atuava na Petrobras em troca de uma redução da pena.


MAIS NA WEB