Política

Maia sinaliza que não vai fatiar denúncia contra Temer e ministros

Temer é acusado de organização criminosa e obstrução de Justiça. Já Franco e Padilha são acusados de organização criminosa.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sinalizou que não deve fatiar a nova denúncia contra o presidente Michel Temer, ou seja, separar as acusações contra os ministros também denunciados.

De acordo com informações do Blog do Camarotti, Maia fez a avaliação depois que técnicos da área jurídica da própria Câmara passaram a avaliar o fatiamento da denúncia, separando os ministros Eliseu Padilha, da Casa Civil e Moreira Franco, secretário-geral.

  • Foto: Dida Sampaio/Estadão ConteúdoEliseu Padilha, Michel Temer e Moreira FrancoEliseu Padilha, Michel Temer e Moreira Franco

O presidente Michel Temer é acusado de organização criminosa e obstrução de Justiça. Já Moreira Franco e Eliseu Padilha são acusados de organização criminosa. Assim como no caso do presidente da República, o Supremo Tribunal Federal (STF), só poderá analisar a denúncia contra os ministros se a Câmara autorizar.

MAIS NA WEB