Piauí

Mais de 14 mil vagas do Pronatec foram ofertadas pela Seduc

Hoje 3.400 alunos estão matriculados em um dos 13 cursos técnicos em 154 turmas, distribuídas em 61 cidades do Estado.

- atualizado

A secretaria estadual da Educação do Piauí (Seduc), por meio da Unidade de Educação Técnica e Profissional (Uetep), tem conquistado resultados positivos através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

O Pronatec foi criado pelo Governo Federal, no ano de 2011, por meio da Lei 11.513/2011, com intuito de expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica em todo o Brasil.

O Programa foi implantado no Piauí em 2012 e até 2016 já ofertou 14.800 vagas, com oito mil certificações neste mesmo período. Hoje 3.400 alunos estão matriculados em um dos 13 cursos técnicos em 154 turmas, distribuídas em 61 cidades do Estado.

  • Foto: José Maria Barros/Gp1Secretária Rejane Dias destaca importância da quadra para a comunidade estudantilSecretária da Educação do Piauí, Rejane Dias

Das ações do programa, destaca-se a Bolsa Formação Estudante, que oferta cursos técnicos com carga horária mínima de 800 horas, direcionada aos alunos do Ensino Médio da rede pública e do EJA- Educação de Jovens e Adultos (6ª e 7ª etapa). O programa tem ainda a Bolsa Formação Trabalhador que oferta Cursos de Formação Inicial Continuada (FIC) com carga horária mínima de 160 horas.

Atende prioritariamente aos estudantes do Ensino Médio da rede pública, EJA, aos trabalhadores, aos beneficiários de programas federais de transferência de renda, entre outros. Ainda são beneficiários do programa estudantes que tenham cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em instituições privadas na condição de bolsista integral, sendo que as vagas que não forem ocupadas pelos públicos prioritários poderão ser preenchidas por outros públicos, respeitadas as previsões da Portaria Nº 817/2015.

Na citada modalidade de Formação Inicial Continuada já foram formados 2.500 desde o ano de 2015. Nessa segunda-feira (10) mais 61 alunos de 04 cursos da área de saúde  foram certificados.

Segundo a diretora da Unidade Educacional Técnico e Profissional (Uetep), Adriana Moura, o programa promove a qualificação profissional voltada para a elevação da escolaridade e para a inserção no mundo do trabalho, por meio de subprogramas, ações e projetos como: bolsa formação - FIES Técnico, Brasil Profissionalizado, E -Tec  Brasil, Expansão da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, além de contribuir para a melhoria da qualidade do Ensino Médio.

Mais conteúdo sobre: