Política

"Mais um gesto democrático", diz Michel Temer ao votar em SP

Presidente deixou a sede da PUC por volta das 8h.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

O presidente Michel Temer (PMDB) votou cedo nestas eleições. Ele chegou de carro às 7h52 à sede da Pontifícia Universidade Católica (PUC), na Zona Oeste de São Paulo neste domingo (02). O presidente foi o primeiro a votar na seção. A previsão é que o peemedebista comparecesse à seção eleitoral apenas às 11h.

  • Foto: Felipe Rau/Estadão ConteúdoMichel Temer Michel Temer

A votação do presidente ocorreu antes do anunciado. Sua assessoria havia informado que o presidente compareceria ao local de votação por volta das 11h, mas após a alteração não souberam informar o motivo da mudança. De acordo com informações do G1, um grupo de estudantes havia anunciado nas redes sociais que realizaria um protesto no local, mas quando o presidente chegou à PUC, os manifestantes ainda não tinham se mobilizado para realizar o ato.

Temer cumprimentou os mesários antes de se retirar e votou em poucos segundos. O presidente não estava acompanhado da mulher e do filho, com nas outras eleições, e foi ao local acompanhado apenas por seguranças. Ao jornalistas, Temer disse apenas que esse foi “mais um gesto democrático do nosso país”.

MAIS NA WEB