Piauí - Teresina

Marcelo Castro diz que seria injustiça Lula não poder se candidatar

"Na verdade, não tem nada contra o Lula, não tem prova de nada. O negócio do tríplex é ridículo”, disse Castro.

GERMANA CHAVES E BÁRBARA RODRIGUES

- atualizado

O deputado federal Marcelo Castro (PMDB-PI) disse que seria uma “injustiça” se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fosse impedido de se candidatar à presidência da República nas eleições de 2018. O parlamentar também advogou em defesa de Lula e afirmou que não existem provas que incriminem o petista.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Deputado federal Marcelo Castro ressaltou a importância de Lula para o BrasilDeputado federal Marcelo Castro ressaltou a importância de Lula para o Brasil

“Acho que o Lula e o PT estão trabalhando como se ele fosse candidato, eles trabalham com essa possiblidade. Não estão trabalhando com a hipótese do Lula não ser candidato o que seria uma grande injustiça. Na verdade, não tem nada contra o Lula, não tem prova de nada. O negócio do tríplex é ridículo”, disse Castro que deu continuidade ao raciocínio.

“Ás vezes eu digo que vamos usar um raciocínio contrário. Digamos que o Lula tivesse entrando na Justiça pedindo que passassem esse apartamento para o nome dele, que não é da OAS, que é dele. O que eles iriam dizer. Cadê a prova? Onde foi que você pagou? Cadê o recibo? Cadê o contrato, a escritura, a arrecadação de impostos? Não tem nada que possa vincular o Lula ao apartamento, a não ser que ele tenha ido lá uma única vez para visitar o apartamento.”

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB