Política

Margarete Coelho assume o Governo do Estado do Piauí

Wellington Dias embarcou ontem para a Europa para tentar investimentos para o Estado.

ANDREIA SOARES

- atualizado

A vice-governadora do Piauí, Margarete Coelho (PP), assumiu na noite de ontem (16), o Governo do Estado. Antes de viajar para Europa, para cumprir agenda internacional, Wellington Dias (PT), repassou o cargo para Margarete, no Aeroporto Senador Petrônio Portella, situado na zona Norte de Teresina.

O motivo da viagem, segundo o petista, é a busca de investimentos para o Estado para o desenvolvimento da agricultura familiar e a negociação de R$ 3,2 bilhões com parcerias ligadas à energia solar. As reuniões vão acontecer na Itália e na Holanda.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Vice governadora Margarete Coelho e o governador Wellington DiasVice governadora Margarete Coelho e o governador Wellington Dias

Na próxima segunda-feira (19), Wellington vai se reunir com diretores da empresa Kameleon Solar, uma fabricante holandesa de painéis solares, para propor a instalação de uma filial no Piauí, já que o Estado é destaque nacional na produção de energia fotovoltaica (obtida através da conversão direta da luz em eletricidade).

No dia seguinte (20), ele desembarca em Roma, capital da Itália, para participar de uma reunião com o presidente do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrário (Fida), Kanayo F. Nwanze, para tratar sobre os resultados da atuação da Fida no Piauí e novos investimentos do fundo para o Estado.

Atualmente, há projetos sendo executados nas barragens do Jenipapo, Marrecas e Barrigada, que ainda serão inauguradas. “O Fida já é um parceiro do Piauí. Aqui estamos aplicando e queremos concluir até 2018 investimentos da ordem de US$ 35 milhões. Deste montante, será feito um casamento entre o Fida e o Fundo de Compensação Ambiental para que uma parte seja realizada via financiamento e a outra parte oriunda de fundos para investimentos voltados a pequenas barragens, recuperação da mata ciliar e recarga dos lençóis freáticos. É um projeto inovador para o Piauí”, explicou Wellington Dias.

Mais conteúdo sobre: