Piauí - Teresina

Médicos da rede estadual podem deflagrar greve nesta segunda

A assessoria de comunicação do Simepi informou ao GP1 que estarão presentes na reunião todos os médicos servidores do estado.

ANDRÉ DOS SANTOS

  • Foto: Divulgação/Aspimed Lúcia Santos, presidente do Simepi Lúcia Santos, presidente do Simepi

O Sindicato dos Médicos do Piauí (Simepi) vai realizar uma assembleia com os filiados nesta segunda-feira (03). Na reunião, a categoria vai decidir a realização de uma greve dos médicos servidores do estado.

A assessoria de comunicação do Simepi informou ao GP1 que estarão presentes na reunião todos os médicos servidores do estado. “A categoria está se mobilizando para tomar uma postura, após as últimas atitudes do governo do estado, através da Secretaria de Administração. Já mostramos nosso repúdio e agora vamos discutir com todos os médicos o indicativo de greve”.

A possibilidade da paralisação veio após a Secretaria de Estado da Administração e Previdência (Seadprev) decidir verificar os motivos das faltas de servidores do estado, inclusive de médicos. Para o Simepi, as atitudes do governo são arbitrárias contra servidores da saúde que, segundo uma nota divulgada pelo órgão, se caracteriza como assédio moral.

Entenda o caso

A Secretaria Estadual de Administração e Previdência do Piauí detectou a ausência no trabalho de mais de cinco mil servidores públicos lotados em repartições públicas de Teresina, em apenas 60 dias de funcionamento do ponto eletrônico, que é interligado à folha de pagamento. Para verificar os motivos das faltas, os notificados devem comparecer ao auditório da Seadprev para justificar a ausência. Somente no mês de agosto, 3.500 servidores foram registrados com mais de cinco faltas.

Confira a nota do Simepi na íntegra

O Sindicato dos Médicos do Estado do Piauí vem a público denunciar a atitude arbitrária, desrespeitosa e irresponsável do Secretário de Administração do Governo do Estado do Piauí, Franzé, que ameaça os funcionários da saúde: médicos, enfermeiros, técnicos, odontólogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos, farmacêuticos e nutricionistas, com cortes nos salários sem qualquer fundamento, ferindo o trabalhador e servidor público no seu direito primordial de receber pelo trabalho realizado, caracterizando um GRAVE ASSÉDIO MORAL.

Ao mesmo tempo em que comunicamos desse ato antidemocrático, informamos que as providências cabíveis serão tomadas e convocamos a todos para uma grande assembleia a ser realizada no dia 03 de outubro, às 19 horas, na sede do SIMEPI, na rua Paissandú, 1665, centro-sul.

Mais conteúdo sobre:

Link do texto:

Médicos da rede estadual podem deflagrar greve nesta segunda
http://www.gp1.com.br/noticias/medicos-da-rede-estadual-podem-deflagrar-greve-nesta-segunda-402243.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.