Economia e Negócios

Mercado prevê menos inflação e maior crescimento do PIB para 2017

Estimativas foram divulgadas por meio do relatório Focus.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

De acordo as previsões coletadas pelo Banco Central e divulgadas por meio do relatório Focus nesta segunda-feira (11), os economistas do mercado financeiro elevaram a estimativa para o crescimento da economia para este ano e passaram a prever um comportamento melhor da inflação e também uma queda mais forte da taxa de juros em 2017.

Segundo o levantamento, a inflação deste ano deve ficar na média, em 3,14%. No relatório anterior, os economistas estimavam que a inflação ficaria em 3,38%. Já a nova previsão mantém a inflação abaixo da meta central para o ano, que é de 4,5%.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Supermercado Supermercad

De acordo com informações doG1, a meta central da inflação não é atingida no Brasil desde o ano de 2009. Na época, o país sentia os efeitos da crise financeiro internacional de forma mais intensa. Para 2018, a previsão do mercado financeiro para a inflação recuou de 4,18% para 4,15% na última semana. O índice segue abaixo da meta central, que também é de 4,5% e do teto de 6% fixado para o período.

Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) de 2017, o mercado financeiro elevou sua estimativa de crescimento de 0,50% para 0,60% na semana passada. Essa foi a terceira semana consecutiva. Para 2018, os economistas das instituições financeiras elevaram a estimativa da expansão da economia de 2% para 2,10%.

MAIS NA WEB