Política

Michel Temer nega interferência nos demais poderes

Vídeo é a primeira fala do presidente após o julgamento do TSE que o absolveu.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

Em vídeo divulgado nesta segunda-feira (12), o presidente Michel Temer declarou que não interfere e que não permitirá a interferência indevida entre os poderes da República. Sem mencionar uma suposta investigação pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin) sobre a vida do ministro Edson Fachin, do STF, o presidente afirma no vídeo que “nenhuma intromissão foi ou será consentida”.

“Tenho insistido que observemos os princípios fundamentais de independência e harmonia impostos pela Constituição Federal”, diz Temer. “Não interfiro nem permito a interferência indevida de um poder sobre o outro”, declarou em outro trecho.

  • Foto: Dida Sampaio/Estadão ConteúdoMichel TemerMichel Temer

Segundo publicação da revista Veja, a suposta devassa sobre Fachin serviria para desqualificar as decisões do ministro, relator da Lava Jato na Suprema Corte. Temer é um dos investigados da operação em um procedimento que tem como base as delações da JBS. Por meio de nota divulgada na sexta, o presidente negou que a Abin tenha feito qualquer investigaçãosobre a vida do relator da Lava Jato. Mas a avaliação do Planalto é que o tom não foi suficiente para apaziguar os ânimos com o Judiciário.

Assista ao vídeo!