Mundo

Militante do Estado Islâmico mata duas pessoas na França

Mulheres foram mortas a facadas em estação de trem de Marselha.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

Um militante do Estado Islâmico matou duas mulheres a facadas neste domingo (01), na principal estação de trem de Marselha, Sul da França, e depois foi morto por soldados franceses, segundo o chefe da polícia local, Oiver de Mazières.

O ataque aconteceu por volta das 13h45 (8h45, horário de Brasília). Segundo informações do G1, o suspeito gritou “Allahu Akbar” (Deus é grande) quando realizou o ataque. A autoria do ataque foi reivindicada pelo Estado Islâmico, por meio de sua agência de notícias Amaq.

  • Foto: Claude Paris/APPoliciais aguardam do lado de fora da estação de trem de MarselhaPoliciais aguardam do lado de fora da estação de trem de Marselha

As duas vítimas do ataque sofreram lesões profundas. Segundo a polícia, uma teve a garganta cortada e a outra foi esfaqueada no estômago. Pelo Twitter, o ministro francês do Interior, Gérard Collomb, anunciou sua intenção de viajar "imediatamente" para Marselha, "após o ataque cometido perto da estação Saint Charles".

Mais conteúdo sobre: