Mundo

Ministério diz que Rússia matou chefe do Estado Islâmico na Síria

Ataque aéreo que pode ter matado Abu Bakr al-Baghdadi foi feito em 28 de maio na Síria.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

O ministro da Defesa da Rússia afirmou nesta sexta-feira (16), que um ataque aéreo russo pode ter matado o líder do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi.

De acordo com informações do G1, o ataque que pode ter matado al-Baghdadi foi feito em 28 de maio em Raqqa, cidade no centro-norte da Síria que é o principal reduto do grupo terrorista no país, de acordo o ministro Sergei Shoigu.

  • Foto: Al-Furqan Media/Anadolu Agency/AFP/ArquivoAbu Bakr al-BaghdadiAbu Bakr al-Baghdadi

O alvo do bombardeio era um encontro de líderes do Estado Islâmico. "Informações que estão sendo checadas por diversos canais indicam que o líder do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, que foi eliminado pelo ataque aéreo, também estava participando do encontro", informou o ministério.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB