Piauí - José de Freitas

Ministério Publico investiga obras inacabadas em José de Freitas

A portaria nº 009/20017 foi assinada pelo promotor de Justiça Flávio Teixeira de Abreu Júnior, nesta terça-feira (04).

RAISA BRITO

- atualizado

O Ministério Público do Estado do Piauí (MPE-PI) abriu inquérito civil para investigar irregularidades em obras inacabadas no município de José de Freitas. A portaria nº 009/20017 foi assinada pelo promotor de Justiça Flávio Teixeira de Abreu Júnior, nesta terça-feira (04).

Segundo a portaria, em José de Freitas existem obras mantidas com recursos da Educação que foram abandonados, dentre elas a construção de creches, cobertura de quadras esportivas, ampliação de espaços e reformas escolares.

“Obras inacabadas acarretam dilapidação do patrimônio público gerando diminuição de recursos e do próprio prestígio da administração pública diante da sociedade em consequência de sua incapacidade de gerir tais recursos”, destacou o promotor.

Os presidentes do Conselho de Educação, do Sismujof juntamente com vereadores e líderes políticos realizaram uma inspeção na Creche Tia Amélia, em 22 de maio deste ano, e constataram a interrupção das obras.

A promotora determinou envio de ofício ao prefeito de José de Freitas, Roger Linhares (PP), informando sobre a instauração do inquérito civil público e requerendo relatório pormenorizado das providências adotadas para regularizar aquela situação em sua gestão.

Outro lado

Procurado nesta quinta-feira (06), o prefeito Roger Linhares não foi localizado para comentar a denúncia. O GP1 continua aberto a quaisquer esclarecimentos.


MAIS NA WEB