Polícia

MP quer republicação de classificados no concurso da Polícia Militar

A recomendação foi assinada, nesta segunda-feira (31), pelo promotor de Justiça, Fernando Santos.

RAISA BRITO

- atualizado

O Ministério Público do Estado do Piauí expediu recomendação ao Secretário Estadual de Administração, Franzé Silva e ao comandante geral da Polícia Militar do Piauí, Coronel Carlos Augusto sobre o concurso da instituição. A recomendação foi assinada, nesta segunda-feira (31), pelo promotor de Justiça, Fernando Santos.

A recomendação pede para que seja republicada, imediatamente, a relação dos classificados para a 2º etapa, incluindo todos os candidatos que, cumulativamente, alcançaram a pontuação igual ou superior a 60% do total de pontos da prova escrita objetiva e obtiveram, no mínimo, 50% do total de pontos de cada uma das matérias e estejam dentro do limite de 02 (duas) vezes o número de vagas previstas.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Promotor Fernando SantosPromotor Fernando Santos

O ex-candidato a vereador, Ismael Silva, formulou representação requerendo a intervenção do Ministério Público a fim de “proceder à investigação e fiscalização referente à regularidade do Concurso Público para a Polícia Militar”, sobretudo, averiguação da legalidade do Edital de Retificação nº 01 ao Edital nº 001/2017 e da “possibilidade de se convocar para a 2ª fase até duas vezes o número de vagas previstas no edital”.

Segundo o promotor, o Edital de retificação, que limitou o número de classificados em 480 candidatos, contraria o artigo 17 do Decreto nº 15.259, de 11 de julho de 2013, que diz que, em sendo o número de vagas previstas no Edital maior que 30, serão considerados aprovados e classificados duas vezes o número de vagas.

O cumprimento ou não da recomendação será ser comunicado ao Ministério Público, no prazo de 10 dias.

Clique aqui e confira a recomendação na íntegra

Outro lado

Em entrevista ao GP1, na noite desta segunda-feira (31), a tenente-coronel Elza, relações públicas da PM, informou que a instituição ainda não foi notificada sobre a recomendação.