Piauí - São Raimundo Nonato

MPF apura aplicação de programa federal em São Raimundo Nonato

Com o fim do prazo de investigação do procedimento preparatório e a necessidade de continuar investigado o caso, ela decidiu converter ele em inquérito civil.

BÁRBARA RODRIGUES

- atualizado

O Ministério Público Federal no Piauí, por meio da procuradora da república Cecília Vieira de Melo Sá Leitão, instaurou um inquérito civil com o objetivo de investigar a aplicação do Programa Minha Casa Minha Vida no município de São Raimundo Nonato.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Ministério Público Federal Ministério Público Federal

Cecília Vieira explica que no ano de 2016 foi instaurado um procedimento preparatório de nº 1.27.000.002236/2016-57, com o objetivo de apurar supostas irregularidades na execução de obras destinadas à construção de casas populares ocorridas no ano de 2007 no Conjunto Habitacional José Lau, conhecido como Portelinha.

A construção do conjunto aconteceu por meio do Programa Minha Casa Minha Vida, no município de São Raimundo Nonato. Com o fim do prazo de investigação do procedimento preparatório e a necessidade de continuar investigado o caso, ela decidiu converter ele em inquérito civil. A portaria de nº 13 é do dia 31 de julho.