Piauí - Teresina

Norberto Campelo é cauteloso ao avaliar filiação e candidatura

“Esse convite formulado por ele para que eu possa, a nível de Piauí, [se filiar e ser candidato] nos deixa orgulhoso e a pensar seriamente na possibilidade" disse ele.

GERMANA CHAVES E THAIS GUIMARÃES

- atualizado

O advogado Norberto Campelo participou da inauguração da nova sede do Partido Social Cristão (PSC) na manhã desta quarta-feira (27), em Teresina. Na oportunidade, o jurista foi cauteloso ao comentar as possibilidades de se filiar ao Podemos e se candidatar ao cargo de governador do Piauí nas próximas eleições.

Norberto deu destaque ao diálogo constante que tem mantido com o presidente nacional do Podemos, o senador Álvaro Dias, posto como pré-candidato à presidência da República.

“Tenho tido oportunidade de conversar com o senador Álvaro Dias, praticamente todos os dias. Eu o reputo como um dos nomes nacionais mais capazes de retirar o País dessa crise terrível. Ele tem uma história muito bela tanto política quanto pessoal, sempre muito coerente. Acredito que ele pode fazer a diferença no Brasil”.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Noberto CampeloNoberto Campelo

“Esse convite formulado por ele para que eu possa, a nível de Piauí, [se filiar e ser candidato] nos deixa orgulhoso e a pensar seriamente na possibilidade, então as conversas têm avançado nesse sentido”, ressaltou o advogado.

Quanto ao prazo em que pretende definir seu futuro político, Norberto Campelo lembrou que é necessário fazer uma análise de toda conjuntura com muita cautela e lembrou que “ninguém é candidato de si mesmo”.“Temos tempo, é preciso discutir, ninguém é candidato de si mesmo. É preciso muito debate e é o que estamos fazendo nesse momento. Mas, pretendo acompanhar o senador Álvaro Dias em sua visita ao Piauí numa demonstração clara do meu apoio pessoal, por entender que ele é um grande nome nacional para resolver os problemas da nação. Quanto a candidatura, não depende só da minha vontade, são vários fatores e ambas as atitudes [filiação e candidatura] merecem paciência e cautela”, finalizou Campelo.

MAIS NA WEB