Mundo

Noruega é considerado país mais feliz do mundo pela ONU

O índice de felicidade dos países leva em conta o PIB per capita, expectativa de vida saudável, apoio social, ausência de corrupção no governo e nas empresas, liberdade social e generosidade.

SUYNARA OLIVEIRA

- atualizado

Hoje, dia 20 de março, é comemorado o Dia Internacional da Felicidade. A data foi criada em julho de 2012 pela Assembleia Geral das Nações Unidas. O dia é uma forma de se reconhecer a importância da felicidade nas vidas das pessoas em todo o mundo, segundo a ONU.

Nesta segunda (20), para celebrar a data, foi divulgado pela ONU a edição 2017 do “Estudo Mundial sobre a Felicidade”, em Nova York, com a lista dos países mais felizes e os mais infelizes do planeta. A pesquisa que envolveu 155 nações. De acordo com a Agência Brasil,Brasil ficou na 22ª posição.

  • Foto: ONU/Eskinder DebebeO índice de felicidade dos países leva em conta o PIB per capita, expectativa de vida saudável, apoio sociO índice de felicidade dos países leva em conta o PIB per capita, expectativa de vida saudável, apoio soci

O índice de felicidade leva seis fatores em conta: PIB per capita, expectativa de vida saudável, apoio social (ter alguém em quem confiar em momentos difíceis), ausência de corrupção no governo e nas empresas, liberdade social e generosidade (medida por doações recentes).

Segundo a lista, os dez países mais felizes são, pela ordem: Noruega, Dinamarca, Islândia, Suíça, Finlândia, Holanda, Canadá, Nova Zelândia, Austrália e Suécia.

Já os dez países mais infelizes do mundo são: República Centroafricana, Burundi, Tanzânia, Síria, Ruanda, Togo, Guiné, Libéria, Sudão do Sul e Iêmen.

MAIS NA WEB