Brasil

Operação contra lavagem de dinheiro mira governador do Tocantins

Ao todo, estão cumpridos 108 mandados de prisão.

NAYRANA MEIRELES

  • Foto: VejaPF deflagra operação que tem Cachoeira, Cavendish e Adir APolícia Federal

A Polícia Federal (PF) realiza nesta segunda-feira (28), a Operação Reis do Gado contra corrupção e lavagem de dinheiro e tem como um dos alvos o governador de Tocantis, Marcelo Miranda (PMDB). Ao todo estão sendo cumpridos 108 mandados em Palmas e outras cidades.

Segundo a PF, as autoridades identificaram um montante de mais de R$ 200 milhões efetivamente lavados. Outro alvo é o secretário de infraestrutura, Sérgio Leão, que foi levado para a sede da PF e deve ser preso.

O objetivo da operação, conforme a PF, é desarticular uma organização criminosa que atuava no estado de Tocantis praticando crimes contra a administração pública e promovendo a lavagem de dinheiro por meio da dissimulação e ocultação dos lucros ilícitos no patrimônio de membro da família do governador.

De acordo com informações do G1, policiais foram até a casa do governador Marcelo Miranda (PMDB) para cumprir mandados, mas ele não estava na residência. A PF cumpre mandados também na casa do pai e de irmãos do governador.

Os mandados foram expedidos pelo Supremo Tribunal de Justiça (STJ), sendo oito mandados de prisão temporária, 24 de condução coercitiva e 76 de busca e apreensão nas cidades de Palmas e Araguaína (TO), Goiânia (GO), Brasília (DF), Caraguatatuba (SP), e nos municípios de Canãa dos Carajás, Redenção, Santa Maria, São Felix do Xingu, no Pará.

Mais conteúdo sobre:

Link do texto:

Operação contra lavagem de dinheiro mira governador do Tocantins
http://www.gp1.com.br/noticias/operacao-contra-lavagem-de-dinheiro-mira-governador-do-tocantins-405079.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.