Piauí - Picos

Padre Walmir se reúne com servidores e atende reivindicações

Prefeito de Picos reuniu-se com representantes dos servidores públicos municipais e resolveu atender algumas reivindicações.

JOSÉ MARIA BARROS

- atualizado

O prefeito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT), reuniu-se na manhã de ontem, 14, com representantes dos servidores públicos municipais e após amplo debate resolveu atender algumas reivindicações que lhe foram apresentadas.

Intermediada pelo presidente da Câmara Municipal de Picos, Hugo Victor Saunders Martins (PMDB), a reunião foi realizada no Palácio Coelho Rodrigues, com início às 11 horas e término depois das 15 horas.

Além do Padre Walmir e do presidente da Câmara Hugo Victor, a reunião contou com as presenças do Procurador Geral, Maycon Luz e das secretárias municipais de Saúde, Maria do Socorro Sousa e da Educação, Rosilene Monteiro. Representando os trabalhadores estavam a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Picos, Edna Moura, e os advogados da entidade.

  • Foto: José Maria BarrosPadre Walmir reune-se com representantes dos servidores públicosPadre Walmir reune-se com representantes dos servidores públicos

Por causa da reunião com o prefeito e auxiliares, os servidores públicos municipais de Picos suspenderam uma paralisação de 24 horas que estava prevista para acontecer ontem, dia 14.

Pautas

Segundo o presidente da Câmara Hugo Victor (PMDB), a reunião foi considerada proveitosa pelas duas partes. “A presidente do Sindserm, Edna Moura, me informou que a maioria das reivindicações da categoria foi atendida e que novas reuniões deverão acontecer para a discussão de outras demandas” – contou o vereador peemedebista.

Dentre as pautas atendidas destaque para a realização de eleições diretas para diretor de escolas. “Edna me informou que em setembro próximo será divulgado o cronograma para que a eleição seja realizada em outubro e assim, em 2018, os diretores de escolas sejam aqueles eleitos pelo voto direito” – informou Hugo Victor.

  • Foto: José Maria BarrosMesmo sem votar presidente da Câmara mostrou-se contrárioHugo Victor

O parlamentar ressaltou ainda que o imposto sindical que estava retido será liberado na próxima quarta-feira, 21, e que foi criada uma comissão para trabalhar sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos Servidores da Administração. Essa comissão vai tratar também sobre o reajuste de 6,58% concedido pelo prefeito e que o sindicato acha o percentual baixo.

Durante a reunião o Padre Walmir também garantiu que o corte do ponto dos servidores que aderiram à paralisação do último dia 5 de junho está suspenso. Foi também discutida uma data base para o pagamento do salário dos servidores da Saúde, sendo sugerido o dia 25 do mês subsequente. Esse ponto não ficou fechado e depende de novas negociações.