Piauí - Teresina

Pai é condenado à prisão por tentar matar a filha no Morada Nova

A sentença foi dada em 21 de agosto deste ano. A sessão foi presidida pelo juiz Antônio Reis de Jesus Nollêto.

BRUNNO SUÊNIO

- atualizado

O Tribunal Popular do Júri condenou Francisco Firmino de Assis a 14 anos e 3 meses de reclusão pelo crime de tentativa de homicídio contra sua própria filha, uma adolescente de 16 anos. A sentença foi dada em 21 de agosto deste ano. A sessão foi presidida pelo juiz Antônio Reis de Jesus Nollêto.

Francisco deu dois tiros na filha em frente ao Centro de Ensino Médio de Tempo Integral (Cemti) João Henrique de Almeida Sousa, localizado no bairro Morada Nova, zona sul de Teresina, no dia 26 de novembro do ano passado.

A vítima estava seguindo para residência da tia quando foi abordada pelo pai que tentou puxá-la para dentro do carro, mas a jovem resistiu. A adolescente foi atingida com um tiro no abdômen, outro no fêmur e acabou perdendo um dos rins em razão dos ferimentos.

Segundo a sentença o regime da pena é fechado e deverá ser cumprida na penitenciária Irmão Guido. Consta ainda na sentença que segundo os autos, Francisco havia dito que se a “vítima não fosse sua não seria de mais ninguém”.


MAIS NA WEB