Piauí - Barro Duro

Pais de alunos denunciam transporte escolar irregular em Barro Duro

O motorista de um ônibus escolar de Barro Duro aparece gravando um vídeo enquanto conduzia o veículo com estudantes dentro.

LUCAS MARREIROS

- atualizado

Pais de alunos estão denunciando o transporte escolar no município de Barro Duro, a 97 km de Teresina. Um dos responsáveis por um estudante que utiliza do serviço, publicou nesta quinta-feira (31), em seu perfil no Facebook, um vídeo feito pelo motorista do ônibus, identificado como Josafá Rodrigues Libânio Sá, enquanto conduzia o veículo com as crianças dentro.

  • Foto: Reprodução/FacebookPais de alunos denunciam transporte escolar irregular em Barro DuroPais de alunos denunciam transporte escolar irregular em Barro Duro

“O funcionário da prefeitura se exibe ao volante de um ônibus escolar cheio de aluno e põe em risco a vida de várias crianças cometendo várias irregularidades, vejam a primeira irregularidade dirige sem sinto de segurança, segunda faz vídeo enquanto dirige e terceiro não é capacitado para dirigir esse ônibus, pondo em risco a vida de vários alunos”, descreveu o pai na publicação.

Na postagem, o pai relata que teme pela segurança dos estudantes. “Falta de vergonha colocar uma pessoa irresponsável para transportar nossas crianças. Risco sair um dia para escola e não voltar mais, e falo isso porque meus filhos dependem desse ônibus para ir e vir do colégio, vejam como seus filhos são transportados, vejam o risco. Estou indignado”, disse.

Ele também faz um apelo para que outros pais também questionem a situação junto a prefeitura do município. “Fiscalizem com quem seu filhos estão indo para o colégio e mais por quem eles estão sendo transportados porque um dia seu filho pode ir à escola e não voltar mais principalmente quando o motorista comete uma infração de trânsito grave que é estar ao celular enquanto dirige e sem cinto”, afirmou.

Outro lado

Procurado, o prefeito da cidade, Deusdete Lopes da Silva, não foi encontrado para comentar o caso. O GP1 continua aberto para quaisquer esclarecimentos.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB