Mundo

Papa autoriza padres a perdoarem fiéis que cometeram aborto

Medida era temporária e havia sido instituída para o Jubileu da Misericórdia.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado
  • Foto: Tiziana Fabi/ ReutersPapa Francisco fecha a porta que simboliza o encerramento do ano da MisericórdiaPapa Francisco 

O Papa Francisco anunciou nesta segunda-feira (21), que todos os padres podem absorver permanentemente o “pecado do aborto”. De acordo com informações do G1, a medida era temporária e havia sido instituída para o Jubileu da Misericórdia, que terminou no domingo (20).

Em uma carta apostólica, o Francisco disse que “para que nenhum obstáculo se interponha entre o pedido de reconciliação e o perdão de Deus, de agora em diante concedo a todos os sacerdotes, em razão de seu ministério, a faculdade de absolver a quem tenha procurado o pecado do aborto".

 "Quando concedi de modo limitado, para o período jubilar, o estendo agora no tempo”, disse ainda. "Quero enfatizar com todas as minhas forças que o aborto é um pecado grave, porque põe fim a uma vida humana inocente. Com a mesma força, no entanto, posso e devo afirmar que não existe nenhum pecado que a misericórdia de Deus não possa alcançar e destruir, ali onde se encontra um coração arrependido", escreveu.

Mais conteúdo sobre:

Link do texto:

Papa autoriza padres a perdoarem fiéis que cometeram aborto
http://www.gp1.com.br/noticias/papa-autoriza-padres-a-perdoarem-fieis-que-cometeram-aborto-404717.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.