Política

Partido dos Trabalhadores divulga nota sobre depoimento de Palocci

No comunicado, a sigla afirmou que "rechaça" o depoimento e todas as tentativas de incriminar o ex-presidente Lula sem apresentação de provas.

LUCAS MARREIROS

- atualizado

O Partido dos Trabalhadores (PT) divulgou uma nota oficial sobre as informações prestadas pelo ex-ministro Antônio Palocci à 13ª Vara Federal de Curitiba, nesta quarta-feira (6). No comunicado, a sigla afirmou que "rechaça" o depoimento e todas as tentativas de incriminar o ex-presidente Lula sem apresentação de provas.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Senadora Gleisi Hoffmann Senadora Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT

"Fica cada vez mais claro o caráter de perseguição política movida por setores da Justiça contra o PT. Palocci já havia prestado depoimento, em maio desse ano, e negado todas as acusações, repetindo a estratégia de outros acusadores como Delcídio do Amaral e Léo Pinheiro, que voltaram atrás em seus depoimentos buscando a diminuição de suas penas, depois de permanecerem presos por um longo tempo", afirma o comunicado.

Dentre as informações dadas pelo ex-ministro em seu depoimento, ele afirmou que trabalhou junto com o ex-presidente Lula para barrar as investigações da Lava Jato. Palocci está preso desde setembro de 2016, quando foi condenado a 12 anos e 2 meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

  • Foto: Cassiano Rosário/Futura Press/Estadão ConteúdoAntonio Palocci Antonio Palocci

Em suas redes sociais, o ex-presidente Lula negou as declarações feitas por seu ex-ministro da Fazenda. "A história que Antônio Palocci conta é contraditória com outros depoimentos de testemunhas, réus, delatores da Odebrecht e provas e que só se compreende dentro da situação de um homem preso e condenado em outros processos pelo juiz Sérgio Moro que busca negociar com o Ministério Público e o próprio juiz Moro um acordo de delação premiada que exige que se justifique acusações falsas e sem provas", comunicou.

Confira a nota do PT na íntegra:

NOTA OFICIAL DO PT SOBRE O DEPOIMENTO DE ANTÓNIO PALOCCI

"O Partido dos Trabalhadores rechaça as informações prestadas pelo ex-ministro Antonio Palocci à 13ª Vara Federal de Curitiba nesta quarta-feira (6). O depoimento se soma a outras tentativas da Força Tarefa da Lava Jato de tentar incriminar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sem apresentação de provas, baseadas apenas em delações sem valor legal. Fica cada vez mais claro o caráter de perseguição política movida por setores da Justiça contra o PT.

Palocci já havia prestado depoimento, em maio desse ano, e negado todas as acusações, repetindo a estratégia de outros acusadores como Delcídio do Amaral e Léo Pinheiro, que voltaram atrás em seus depoimentos buscando a diminuição de suas penas, depois de permanecerem presos por um longo tempo.

Mais uma vez, chama a atenção que essas acusações sejam feitas às vésperas de um novo depoimento de Lula ao juízo da 13ª Vara Federal de Curitiba. O PT se solidariza com o ex-presidente Lula, que nos últimos anos teve sua vida devassada sem que houvesse sido encontrado qualquer vestígio de enriquecimento pessoal que manchasse sua biografia. O cerco a Lula se dá em um momento em que ele lidera todas as pesquisas de opinião para as eleições de 2018 e após o êxito de sua caravana pelo Nordeste.

Comissão Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores"

MAIS NA WEB